Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reiterado estabelecimento de voos Moçambique/China

Os Governos de Moçambique e da China vão assinar, em breve, um acordo que permitirá o estabelecimento de ligações aéreas directas entre os dois países. De acordo com o presidente dos Aeroportos de Moçambique, Manuel Fernando Veterano, “este acordo vai ser feito muito brevemente, só estamos a acertar datas e depois seguir-se-á o processo de contactos entre companhias que eventualmente queiram aproveitar esta oportunidade”.

 

 

À margem da 3.ª Conferência de Aeroportos da China e dos Países de Língua Portuguesa, que terminou esta quinta-feira em Macau, o responsável salientou, em declarações à LUSA, que o acordo “permite que companhias chinesas possam voar para Moçambique” e moçambicanas para a China.

“Macau é um ponto privilegiado”, disse Manuel Veterano, sublinhando que o acordo que será assinado com a China pretende que “companhias aéreas dos dois países possam usar a plataforma que Macau oferece para trocas de turistas entre ambos”.

O presidente dos Aeroportos de Moçambique avançou existirem “companhias que querem fazer o transporte de tráfego e carga entre Xangai e Maputo”, mas escusou-se a avançar quais por as “negociações ainda decorrerem”.

O responsável salientou que o acordo sobre transporte aéreo com a China insere-se nas prioridades do Governo moçambicano que, em 2007, designou o turismo como o principal sector económico a desenvolver, objectivo que passa por uma estratégia de abertura do espaço aéreo do país e que já abrangeu acordos semelhantes com Portugal e Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!