Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reino Unido interessado na capacitação dos deputados da Assembleia da República

Tendo em vista melhorar a produção do Parlamento moçambicano e o desempenho de cada um dos seus 250 deputados, o Reino Unido diz estar disponível a apoiar a Assembleia da República (AR) na capacitação dos parlamentares moçambicanos para melhor investigarem os assuntos debatidos nas sessões plenárias e comissões especializadas.

“Estamos dispostos a apoiar o Parlamento moçambicano na capacitação dos deputados, particularmente, os recém-eleitos para cada legislatura para melhor dominarem as matérias e assim aprovarem leis que mais beneficiam o país e o povo moçambicano”, indicou Shaun Cleary, comissário do Reino Unido, falando em entrevista ao Correio da manhã.

O apoio é extensivo aos membros do Executivo e a jornalistas moçambicanos, particularmente, da recémcriada Rede dos Jornalistas Parlamentares de Moçambique (REJOPAM), cuja constituição teve lugar na passada sexta-feira, no Maputo, tendo sido eleito para coordenador da nova agremiação José Sixpence, jornalista do semanário Domingo.

“Depois dos décimos jogos africanos do Maputo virá a Moçambique uma delegação de parlamentares do Reino Unido para acompanhar de perto a forma como funciona a Assembleia da República, para depois dos jogos olímpicos de 2012, que vão decorrer no meu país, virem vários membros do Governo para acompanhar os programas financiados pelo Reino Unido”, ajuntou aquele diplomata, falando ao Cm à margem da cerimónia de criação da REJOPAM.

A criação desta rede foi graças a uma contribuição financeira do Reino Unido, em montante não revelado pelo diplomata, “para ela poder capacitar e orientar os jornalistas que cubram assuntos do Parlamento para melhor informar o povo moçambicano”, justificou Cleary o apoio do seu país na criação da REJOPAM.

Testemunharam a tomada de posse dos órgãos daquela agremiação a presidente da AR, Verónica Macamo, o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento em Moçambique (PNUD), entre vários convidados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!