Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Região metropolitana do Maputo enfrentará escassez de água até 2015

A zona metropolitana do Maputo irá conhecer a escassez de água até 2015 a menos que novas fontes de abastecimento deste precioso líquido sejam garantidas.

O alerta é de Marcus Wishart, responsável no Banco Mundial (BIRD) do projecto de fortalecimento e desenvolvimento da gestão de recursos hídricos e aumento de capacidade de encaixe de água da Barragem de Corumana, visando o aumento da provisão deste líquido à área metropolitana do grande Maputo.

O projecto acaba de beneficiar de um financiamento do BIRD no valor global de 70 milhões de dólares norte-americanos para a implementação do Projecto Nacional de Desenvolvimento de Recursos Hídricos 2011/2017 do Governo moçambicano que também beneficia do co-financiamento paralelo de 10 milhões de dólares do projectopiloto contra mudanças climáticas também administrado pelo Banco Mundial.

Falando por ocasião do anúncio da libertação daqueles valores, Wishart disse que nas duas últimas décadas as cheias e secas custaram à economia moçambicana mais de dois biliões de dólares norte-americanos “e nós estamos disponíveis para apoiar esforços do Governo em atacar muitos destes desafios”, indicou.

Referindo-se concretamente ao Projecto Nacional de Desenvolvimento de Recursos Hídricos 2011/2017, Marcus Wishart disse que o mesmo tem em vista aumentar a competitividade e emprego, desenvolver infra-estruturas e contribuir na erradição de elevados índices de pobreza em Moçambique.

Refira-se, entretanto, que a barragem de Corumana foi identificada pelas autoridades moçambicanas como fonte de provisão de água à zona metropolitana do grande Maputo e o financiamento do BIRD vai contribuir na conclusão das obras de montagem de comportas e obras de reparação de pilares de betão, para além da construção de um sistema com um vertedouro de emergência.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!