Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reduzem casos de malária na capital moçambicana

A capital moçambicana registou, de 2011 para 2012, uma redução de 34 porcento de mortes por malária. No ano passado, segundo a médica chefe da cidade de Maputo, Alice Abreu, foram notificados 55.719 casos desta doença, contra 83.809 do ano anterior.

Os casos registados em 2012 causaram a morte de 33 pacientes, o correspondente a uma redução de 50 porcento, uma vez que em 2011 registaram-se 66 óbitos. Esta redução resulta de actividades de prevenção que o sector da saúde tem realizado ao nível da capital do país.

Abreu apontou ainda que as tais actividades têm contribuído para a redução do número de mortes por doenças como malária, cólera, diarreia, dentre outras.

A título de exemplo, ela disse que as mortes por malária e diarreias registaram, respectivamente, uma diminuição de 50 e 66 porcento, durante o período em alusão, o que mostra que as campanhas de sensibilização, com o envolvimento das comunidades e líderes locais, estão a surtir efeito.

A médica chefe acrescentou que “a distribuição das redes mosquiteiras às mulheres grávidas e a crianças menores de cinco anos, a pulverização intra e extra-domiciliária, entre outras acções, contribuíram para esses resultados.”

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!