Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Reduz número de acidentes mas cenário ainda é preocupante

O número de mortes em resultado de acidentes de viação registados nas estradas moçambicanas tende a reduzir nas últimas semanas, mas a situação descrita pelas autoridades policiais continua preocupante.

Falando na terça-feira, em Maputo, durante o seu habitual encontro semanal com a imprensa destinada a dar a conhecer a situação de criminalidade no país, o portavoz do Comando-Geral da Policia moçambicana (PRM), Pedro Cossa, revelou que 30 pessoas morreram semana passada em consequência de acidentes de viação. Esse número representada uma ligeira descida em relação as 33 mortes registadas no igual período anterior e aos 42 do outro período anterior.

Os 30 mortos resultaram de 91 acidentes de viação, também responsáveis pelo ferimento de 153 pessoas, contra 104 sinistros registados no período similar anterior. Aparentemente, essa tendência resulta da intensificação das actividades de fiscalização de viaturas na via pública. Na semana de 15 de Outubro passado, a Policia fiscalizou um total de 11.594 viaturas, número que subiu para 16.960 na semana passada, após passar por 12.951 na semana anterior a esta.

Em resultado desse aperto das medidas de fiscalização, o número de multas aplicadas aos condutores devido ao cometimento de várias infracções subiu para 2.861 na semana passada, contra os anteriores 2.551. Por sua vez, o número de cartas de condução apreendidas pela Policia subiu de 396 para 721, das quais 83 (contra 58 anteriores) por excesso do álcool no organismo.

“Os resultados até agora obtidos (que representam uma redução) não nos satisfazem ainda”, disse Pedro Cossa, acrescentando que “estamos a falar de 63 mortes em apenas duas semanas… há que considerar que há crianças que eventualmente perderam os seus país por causa desses acidentes”.

Ainda na sequência da fiscalização rodoviária, a Policia deteve 18 pessoas por cometimento do crime de condução ilegal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!