Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recusou dormir com o pai e foi assassinada

Um idoso de 62 anos de idade encontra-se detido na província de Inhambane, Sul de Moçambique, por ter assassinado a sua própria filha, alegadamente porque esta recusou-se de manter relações sexuais com ele.

Segundo a Rádio Moçambique, a emissora pública nacional, este caso insólito aconteceu em Inharrime, distrito onde o suposto criminoso, identificado como B. Guambe, terá se apaixonado pela sua própria filha.

A Polícia moçambicana (PRM) conta que o indivíduo em causa introduziu-se na barraca da sua filha, no meio da noite, com o objectivo de manter relações sexuais com a jovem.

Na tentativa de forçar a filha a manter relações sexuais, Guambe terá apertado o pescoço da filha, mas mesmo assim ela recusou-se de dormir com o pai.

O porta-voz do Comando provincial da PRM em Inhambane, Valdemar Armindo, disse que a vítima morreu asfixiada na sequência do aperto do pescoço.

Agora, sob custódia policial, Guambe confessa o crime e diz ter sido traído pelo álcool. Refira-se que Moçambique tem registado casos insólitos de crimes envolvendo pessoas da mesma família, alguns dos quais relacionados com o tráfico de órgãos humanos.

Em Janeiro último, um indivíduo decepou órgãos genitais do seu próprio primo. Este caso também aconteceu em Inhambane, no distrito de Inharrime.

Nesse caso, o criminoso era residente no distrito de Homoíne e, para lograr os seus intentos, terá convidado o seu primo para um passeio em Inharrime, mas passados alguns dias ele regressou sozinho a casa.

Quando questionado sobre o paradeiro do seu primo, ele só respondeu que não sabia, mas dias depois desapareceu de casa. Dias mais tarde, a Polícia encontrou o corpo do primo em Inharrime e com os órgãos genitais decepados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!