Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recordando o artista mor

Recordando o artista mor

Malangatana Valente Ngwenya, deixa uma vasta obra espalhada pelos quatro cantos do mundo. @ VERDADE reproduz aqui, para deleite dos leitores, uma ínfima parte da sua arte.

1959 – A mulher azul que chora

 

 

1959 – A virtuosa e a pecadora

1972 – Mãe África

1960 – Adão e Eva em frente da Catedral de Lourenço Marques

1965 – Sonho do Prisioneiro

1966 – Julgamento militantes Frente Libertacao Moçambique

1975 – Minha flauta cantando – As mil sem fim – Canções da liberdade II

1992 – Mural 1965 – Prisioneiro1994 – Os Exaustos 1973 – Peça de cerâmica

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!