Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Recenseamento experimental adiado para uma data a anunciar

O recenseamento piloto, que devia acontecer de 06 a 30 de Novembro em curso, em nove distritos não autárquicos, nas províncias de Maputo, Sofala e Nampula – com vista às quintas eleições autárquicas agendadas para 10 de Outubro de 2018 – foi adiado, devendo a Comissão Nacional de Eleições (CNE) remarcar uma nova data para o efeito.

O processo, orçado em 18 milhões de meticais, teria lugar nos distritos de Marracuene, Magude, Moamba (região sul), Búzi, Caia, Cheringoma (centro), Eráti, Moma e Memba (norte).

A CNE diz em comunicado de imprensa que o adiamento tem a ver com razões técnicas e logísticas.

Os distritos da província de Nampula serão excluídos por causa da morte do edil Mahamudo Amurane, a 04 de Outubro passado, na sua residência particular. Contudo, será substituída por Cabo Delgado.

Com este processo pretende-se aferir o grau de operacionalidade do equipamento usado nas últimas eleições (…), a prontidão das brigadas e as melhorias necessárias no sentido de evitar os problemas constatados nos escrutínios passados, disse, em Setembro último, Paulo Cuinica, porta-voz da CNE.

É a primeira vez que Moçambique realiza uma inscrição experimental de votantes, desde as primeiras eleições municipais realizadas em 1998.

O adiamento implica, por conseguinte, que, contrariamente ao que estava previsto, os cadernos eleitorais já não serão expostos entre 01 e 04 de Dezembro, mas sim, numa data também a indicar.

A exposição dos cadernos em alusão visa para permitir a consulta [pelos votantes] e a correcção de dados que não estejam, eventualmente, correctamente escritos.

O recenseamento eleitoral piloto antecede o de raiz, que vai decorrer de 01 de Março a 29 de Abril próximos, no sentido de actualizar o número de eleitores que vão participar nas quintas eleições autárquicas, marcadas para 10 de Outubro de 2018.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!