Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Receitas de sectores produtivos caem em Julho

O volume de negócios e o emprego caíram em 1,1% e 1,3%, respectivamente, em Julho de 2011, face a Junho, no que respeita aos resultados do Índice de Actividade Económica do referido período. No período em análise, o nível geral das remunerações caiu em cerca de 0,4%, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), explicando que a situação resultou da diminuição de receitas dos sectores de actividades económicas do comércio a grosso e a retalho em 2% e em 1% no ramo do Turismo.

Para os chamados “outros serviços”, a queda foi na ordem de 4,6%, de acordo ainda com o INE, destacando que durante o mês de Julho último os sectores da Energia, com 0,1%, e da Indústria, com 2,2%, são as esferas produtivas que registaram aumento no Índice do Volume de Negócios.

Quanto à variação do Índice do Emprego, a diminuição verificada naquele indicador, na ordem de 1,3%, resultou da elevada diminuição da mão-de-obra registada no sector da Indústria em 4,9%, ligeira diminuição em Outros Serviços na ordem de 0,3% e no Comércio a grosso e a retalho com 0,9%.

A área dos Transportes registou um aumento em 0,1%, enquanto o Turismo manteve-se estável, não registando nenhuma variação, de acordo igualmente com o Instituto Nacional de Estatística.

Em relação às Remunerações, o mês de Julho de 2011 registou uma queda global de 0,4%, comparativamente ao mês anterior, tendo contribuído para a queda a diminuição do índice de Actividade Económica registada no sector da Indústria, com 0,1%, e no sector de Outros Serviços, com 2,4%.

As áreas produtivas que registaram uma variação positiva foram as do Comércio, com 0,7%, e Transportes, com 0,1%, enquanto o sector do Turismo manteve a tendência do mês anterior, não apresentando nenhuma variação.

Comparando com o mês de Julho de 2010, os índices globais de Julho 2011 registaram um aumento em 1,1% para o índice do Volume de Negócios, 12,3% para o índice de Remunerações e uma diminuição do índice de Emprego em quase 1,0%.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!