Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidade da Beira com inflação agravada

O custo geral de vida nas cidades do Maputo e Beira registou quedas de menos 0,07% e menos 0,24%, respectivamente, em Setembro de 2011, face ao mês anterior, enquanto Beira conheceu um ascendente agravamento dos preços de 0,26%, no período em análise.

O agravamento da inflação na cidade da Beira deveu-se ao aumento dos preços de peixe seco, cobertores e mantas, serviços funerários e similares, calças para homens, chinelos e sapatos para mulheres e ainda do feijão-manteiga.

Em inflação acumulada, aquela segunda maior cidade moçambicana registou, de Janeiro a Setembro, incremento do nível geral de preços na ordem de 2,76% com a divisão de habitação, água, electricidade, gás e outros combustíveis a injectarem no total da inflação acumulada 1,08%.

Na cidade do Maputo, a queda da inflação, em Setembro último, ficou a dever-se à queda dos preços de tomate, cebola, frango morto, couve, coco, batata reno e do repolho, enquanto em Nampula a situação ficou a dever-se à queda dos preços do tomate, farinha de mandioca, peixe fresco, cebola, cadernos escolares e blocos.

Em termos de inflação acumulada, o Instituto Nacional de Estatística (INE) indica que em Nampula ela foi de 5,31%, enquanto na cidade capital moçambicana a mesma situou-se nos 3,63%, em Setembro de 2011.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!