Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rebeldes sírios matam 14 soldados em Deraa e Damasco

Rebeldes sírios que lutam para derrubar o presidente Bashar al-Assad mataram neste sábado seis soldados no sul da província de Deraa e pelo menos outros oito em combates nos subúrbios da capital Damasco, disse um grupo que monitora os conflitos.

“Houve duros conflitos entre forças sírias e combatentes da oposição (em Deraa), resultando na morte de pelo menos seis soldados sírios”, afirmou, em comunicado, o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que tem sede na Grã-Bretanha.

“Ao amanhecer, houve violentos combates em al-Ghouta (próximo a Damasco), o que resultou na morte de pelo menos oito soldados sírios”, acrescentou.

O observatório afirmou que dois civis também morreram neste sábado, um durante ataques do Exército em Damasco e outro em um tiroteio na cidade de Homs, onde ativistas afirmaram que os militares estão realizando uma ofensiva em bairros dominados pelos oposicionistas.

A revolta, que já dura 15 meses, mostra sinais de início de guerra civil, com rebeldes dizendo que precisam lutar para proteger os civis do massacre feito pelas forças de Assad e homens leais ao governo.

No dia 25 de maio, observadores de um cessar-fogo negociado pela Organização das Nações Unidas (ONU) registraram a morte de mais de cem homens, mulheres e crianças na região de Houla, no oeste do país.

A ONU também afirmou que o Exército e homens leais a Assad são provavelmente os responsáveis pelo massacre.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!