Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Rara tempestade de gelo domina o sul dos EUA e mata pelo menos 6 pessoas

O gelo provocou caos no sul dos Estados Unidos, esta quarta-feira (29), depois de uma tempestade de neve, algo raro nessa região, ter matado pelo menos seis pessoas, deixado crianças retidas nas escolas durante a noite e paralisado os transportes em vários Estados, incluindo o cancelamento de centenas de voos no aeroporto mais movimentado do mundo, o de Atlanta.

A tempestade abateu-se sobre uma região de modo geral não acostumada com gelo e neve – numa faixa que se estende do Texas, atravessa a Geórgia e inclui a Carolina do Norte e a Carolina do Sul na terça-feira e madrugada desta quarta-feira.

Em Atlanta, os motoristas continuavam presos nos seus carros nas rodovias interestaduais nesta quarta-feira, tendo alguns deles passado até 18 horas na estrada. Foram registados 791 acidentes de trânsito na cidade, mas ninguém ficou ferido com gravidade, disse o prefeito de Atlanta, Kasim Reed, numa entrevista à imprensa nesta quarta-feira, acrescentando que o foco agora é no resgate de motoristas presos nos seus veículos.

“Nós vamos tirar essas pessoas dos seus carros”, afirmou. Pelo menos cinco mortes no Alabama e uma na Geórgia foram atribuídas à tempestade.  As companhias aéreas cancelaram milhares de voos nos aeroportos numa faixa que vai de Houston a Atlanta, dos quais 500 apenas na madrugada desta quarta-feira no Aeroporto Internacional de Atlanta Hartsfield-Jackson, o mais movimentado do mundo.

“Nós estamos todos juntos nisto e vamos atravessar isto juntos”, disse um comunicado da polícia em Anniston, Alabama. “O que era para ser um simples chuvisco (de neve) transformou-se em algo maior. Nenhum de nós estava preparado.”

Os meteorologistas previam pouca melhora nesta quarta-feira em que as temperaturas não devem subir muito acima do ponto de congelamento por tempo suficiente para derreter o gelo de estradas e pontes, antes de voltarem novamente a cair na madrugada da quinta-feira por todo o Sudeste.

A previsão era a de que a precipitação diminuísse no fim da manhã, e a mistura de gelo, granizo e neve, própria do inverno, se dirigisse mais para a Costa Leste nesta quarta-feira, para cima da Geórgia e até Maryland, onde os motoristas foram alertados para ficarem fora das estradas e as escolas estavam a ser fechadas ou, então, as aulas estão com atraso.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!