Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Quatro pessoas morrem e outras desaparecem num naufrágio em Inhambane

Quatro pessoas morreram e outras vinte eram dadas como desaparecidas até ao fecho desta edição em consequência do naufrágio de uma embarcação de passageiros, ocorrido no começo da noite de terça-feira (27), a escassos metros da ponte cais da cidade da Maxixe, na província de Inhambane.

Segundo apurou o @Verdade, o barco, que fazia a viagem cidade de Inhambane/Maxixe, transportava pelo menos 35 pessoas, num dia de ventos fortes.

Já próximo da ponte cais, a embarcação foi sacudida por uma onda, tendo os ocupantes pendidos para um único lado, o que supostamente precipitou o naufrágio. Por conseguinte, todos os passageiros foram arremessados ao mar e o grosso deles submergiu.

A ligação entre a capital provincial de Inhambane e a cidade da Maxixe é feita com recurso a embarcações a motor que operam na baía para o transporte de passageiros.

Não se sabe ao certo o que o que terá estado na origem da desgraça e informações não confirmadas dão conta de que o barco levava um número recomendável de passageiros e carga. A Administração Marítima de Inhambane ainda não reagiu sobre este acidente.

As operações de buscas e salvamento das vítimas consideradas desaparecidas eram literalmente impossíveis até ao fecho desta edição devido ao mau tempo que se fazia sentir na baixa de Inhambane, para além de ser noite. Alguns sobreviventes foram socorridos para o Hospital Rural de Chicuque, sito no município da Maxixe.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!