Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Homem-aranha francês” escala um hotel histórico em Havana

Com centenas de pessoas a assistirem a partir das ruas, o chamado Homem-aranha francês, Alain Robert, escalou o hotel considerado um marco histórico Havana Libre, Segunda-feira (5), numa escalada livre que ele afirmou não ter sido muito difícil.

Ele subiu o hotel de 27 andares em cerca de meia hora, escalando de varanda em varanda e pausando ocasionalmente para pedir aplausos da multidão, que parou nas ruas próximas do bairro de Vedado, em Havana.

Robert, 50 anos, não usou nenhum equipamento de segurança e por duas vezes tirou “oohs” e “ahhs” da plateia quando fingiu que estava a cair. “A subida foi boa, não muito difícil”, disse a repórteres depois.

Robert já subiu às estruturas muito mais formidáveis por todo o mundo, incluindo marcos como as Torres Petronas, em Kuala Lumpur, e a Ponte de Golden Gate, em São Francisco.

Porém, ele escolheu o Havana Libre porque foi a primeira residência de Fidel Castro por vários meses depois de ter assumido o poder em Cuba na revolução de 1959.

“É um símbolo para Cuba”, disse Robert, um homem pequeno e resistente com longos cabelos loiros. O hotel abriu na primavera de 1958 como o Hilton de Havana, porém num dado momento foi tomado pelo governo comandado por Fidel e o nome mudou para Havana Libre, ou “Havana Livre”.

Quando Robert chegou ao último andar, a multidão em baixo aplaudiu vigorosamente e todos deram um respiro aliviado.

“Foi emocionante, porém fiquei com medo. Eu pensei que a qualquer momento ele iria cair”, disse a enfermeira Rosalba Garcia, 58 anos, com um sorriso nervoso. “Foi um bom show”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!