Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Homem-aranha francês” escala um hotel histórico em Havana

Com centenas de pessoas a assistirem a partir das ruas, o chamado Homem-aranha francês, Alain Robert, escalou o hotel considerado um marco histórico Havana Libre, Segunda-feira (5), numa escalada livre que ele afirmou não ter sido muito difícil.

Ele subiu o hotel de 27 andares em cerca de meia hora, escalando de varanda em varanda e pausando ocasionalmente para pedir aplausos da multidão, que parou nas ruas próximas do bairro de Vedado, em Havana.

Robert, 50 anos, não usou nenhum equipamento de segurança e por duas vezes tirou “oohs” e “ahhs” da plateia quando fingiu que estava a cair. “A subida foi boa, não muito difícil”, disse a repórteres depois.

Robert já subiu às estruturas muito mais formidáveis por todo o mundo, incluindo marcos como as Torres Petronas, em Kuala Lumpur, e a Ponte de Golden Gate, em São Francisco.

Porém, ele escolheu o Havana Libre porque foi a primeira residência de Fidel Castro por vários meses depois de ter assumido o poder em Cuba na revolução de 1959.

“É um símbolo para Cuba”, disse Robert, um homem pequeno e resistente com longos cabelos loiros. O hotel abriu na primavera de 1958 como o Hilton de Havana, porém num dado momento foi tomado pelo governo comandado por Fidel e o nome mudou para Havana Libre, ou “Havana Livre”.

Quando Robert chegou ao último andar, a multidão em baixo aplaudiu vigorosamente e todos deram um respiro aliviado.

“Foi emocionante, porém fiquei com medo. Eu pensei que a qualquer momento ele iria cair”, disse a enfermeira Rosalba Garcia, 58 anos, com um sorriso nervoso. “Foi um bom show”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!