Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Chapas” paralisadas temporariamente

Os transportadores semicolectivos de passageiros, que fazem carreiras entre as cidades de Nampula/Nacala-porto/Ilha de Moçambique e vila de Monapo, decidiram segunda-feira, sem qualquer aviso prévio, suspender todas as actividades.

Isto deu-se como forma de protestar contra a alegada incapacidade da Direcção Provincial dos Transportes e Comunicações de combater os operadores tidos como “piratas”, os quais violam impunemente e desorganizam as bichas na única terminal de “chapas 100”, situado próximo dos CFM, fazendo com que muitos automobilistas permaneçam longos dias no local, por falta de passageiros.

São cerca de 100 viaturas, vulgo “chapa 100”, que ontem não se fizeram à estrada, desde as primeiras horas até a meio da tarde, posição que apesar de ser legitima, não deixou de ter sido prejudicial para muitos passageiros que viram gorados os seus intentos. Depois de um encontro que envolveu, para além dos chapeiros em greve, a Direcção Provincial dos Transportes, o Conselho Municipal da Cidade e a Policia de Trânsito, a situação voltou à normalidade e, segunda-feira, as carreiras vão reatar a sua actividade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!