Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pyongyang vai abandonar negociações após condenação da ONU

A Coreia do Norte vai abandonar as negociações entre seis países sobre seu programa nuclear, após ser condenada pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas pelo disparo de um míssil de longo alcance, informou nesta terça-feira a imprensa oficial norte-coreana.

Pyongyang “rejeita firmemente” a decisão do Conselho de Segurança, declarou o ministério norte-coreano de Relações Exteriores, citado pela agência oficial KCNA. “As discussões a seis (Coreia do Sul, Coreia do Norte, Japão, Estados Unidos, China e Rússia) não têm mais razão de ser”, destacou o ministério.

“Nós não participaremos nunca mais destas discussões e não nos consideramos obrigados por qualquer decisão adotada durante estas tratativas”. Segundo a agência KCNA, Pyongyang também decidiu reativar suas instalações nucleares, devido à decisão da ONU.

O Conselho de Segurança condenou na segunda-feira o lançamento do míssil efetuado recentemente pela Coreia do Norte e reforçou o regime de sanções contra o país. Segundo o texto, China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Rússia (os cinco membros permanentes) e Japão “condenam” o lançamento do míssil balístico efetuado por Pyongyang, no dia 5 de abril, e afirmam que está “em contravenção com a resolução 1718 do Conselho, que proíbe a Coreia do Norte de realizar qualquer teste nuclear, ou lançamento de míssil”.

Oficialmente, a Coreia do Norte efetuou o lançamento de um foguete para colocar um satélite de comunicação em órbita.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!