Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Programas financiados pelos EUA isentos de cortes orçamentais

A Subsecretária de Estado Adjunta norte-americana para os Assuntos Africanos, Susan Page, garantiu que os programas de desenvolvimento em Moçambique, financiados pela Casa Branca, não vão sofrer quaisquer reduções orçamentais, apesar da crise que abala o mundo.

Page deu a boa nova no final da audiência concedida pelo Presidente moçambicano, Armando Guebuza, segunda-feira, em Maputo, e teve como tónica dominante uma diversidade de assuntos relativos a cooperação bilateral, visando identificar formas de trabalhar mais intensamente no contexto conjunto.

”Todos sabem que estamos sob fortes constrangimentos financeiros que não afectam apenas os Estados Unidos da América, mas o mundo inteiro”, disse Page, afirmando porém que os programas em que os dois países trabalham há já algum tempo, incluindo o Millennium Challenge Corporation (MCC), vão continuar.

”Temos uma programa robusto e não há quaisquer planos de mudança. Teremos de esperar pela aprovação do orçamento pelo Congresso para vermos como seguir em frente com outros países do mundo, incluindo Moçambique”, disse a fonte.

Em relação as manifestações que assolam vários países, com destaque para a África do Magrebe e Médio Oriente, Susan Page disse que os Estados Unidos manifestaram, desde o princípio, apoio incondicional aos egípcios e continuam a exigir que o líder líbio, Muammar Gaddaf, abandone o poder, assim como a encorajar as pessoas a realizar manifestações pacíficas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!