Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Professor da Quisse Mavota assassinado

Mais um bárbaro assassinato teve lugar no bairro Magoanine ‘C’, vulgo Matendene, em Maputo. A vítima, na noite da passada sexta-feira, foi um professor da Escola Secundária Quisse Mavota que, regressava de mais uma jornada laboral, foi interpelado por malfeitores que ainda estão a monte.

De acordo com dados preliminares da investigação, aos quais a reportagem dp jornal @Verdade teve acesso, a vítima terá sofrido sido alvo de  ameaças como pudemos constatar em algumas mensagens de texto encontradas no celular da vítima. Numa das mensagens podia-se ler que o professor não deveria voltar a usar o caminho que habitualmente usava quando regressasse a casa, porque se tal acontecesse sucederia o que acabou acontecendo.

A polícia está na busca do remetente da mensagem, de modo que a partir deste, se apure se a mensagem era uma forma de alerta ou então se tratava de uma ameaça. O que deixa as autoridades policiais sem fôlego, reside no facto de em menos de dois meses, este ser o segundo assassinato no bairro, o que normalmente não tem acontecido.

As cerimónias fúnebres da vítima, tiveram lugar na manhã desta segunda-feira no cemitério de Zimpeto, tendo contado com a presença de alunos, professores e funcionários da Quisse Mavota.

Salientar que recentemente, o contingente policial no bairro Magoanine “C”, foi reforçado com vista a fazer face ao aumento da criminalidade naquele bairro da capital do país.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!