Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Produtores associados encaixam três milhões em Nampula

A venda de amêndoa de castanha de caju ao mercado justo europeu está a trazer efeitos positivos para os produtores associados da província de Nampula, que esperam, para breve, um encaixe de cerca de três milhões de meticais resultantes da comercialização de quantidades daquele produto estimadas em 120 toneladas.

Aquele montante inclui valores de comissão que os países europeus do mercado livre dominado pela Holanda e Inglaterra disponibilizam aos produtores como estímulo no sentido de continuar a usar fertilizantes orgânicos no seu processo de produção de culturas alimentar, no caso vertente da castanha de caju, amendoim e gergelim.

Gerson Daniel, gerente da empresa de comercialização de insumos e produtos agrícolas de Nampula (IKURU), que intermedeia os negócios das associações locais de produtores com os países do mercado livre europeu, disse que o valor da transacção da castanha de caju, incluindo uma comissão calculada em 55 dólares pago por tonelada exportada, será entregue aos legítimos beneficiários ainda no decurso do corrente ano.

A nossa fonte precisou, ainda, que os países do mercado justo europeu enviam seus assessores ao nosso país para certificar junto dos produtores a recepção dos valores referentes a comissão paga sempre que uma transacção for efectuada.

Entretanto, a aplicação dos referidos valores para minorar as dificuldades de abastecimento de água potável, construção ou reabilitação de salas de aulas e postos de saúde com material convencional, é feita na base do consenso das comunidades de produtores, de acordo com Daniel Gerson.

Igualmente, a Ikuru intermediou recentemente a compra de cerca 500 toneladas de milho junto das associações de produtores de Nampula visando satisfazer uma encomenda do Programa Mundial de Alimentação que presta assistência aos grupos vulneráveis desta província, incluindo os internatos e lares estudantis.

Entretanto, os fracos resultados alcançados na última campanha de produção de gergelim, influenciados em grande medida pela escassez de chuvas, constituem um constrangimento para a Ikuru que não consegue reunir as quantidades solicitadas pelos interessados em relação àquele produto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!