Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Produção global de Niassa situou-se em 9,8 milhões de MT

A produção global na província de Niassa, na zona norte de Moçambique, registou, este ano, um crescimento de 17,5 por cento ao passar de 8,36 milhões de meticais de 2010 para 9,8 milhões no presente ano (2011).

O crescimento, segundo fonte do Governo de Niassa, deveu-se particularmente, a produção de cerca de 991 mil toneladas de culturas alimentares, o que representa um aumento de 13 por cento em relação a produção da campanha de 2010 e ao cumprimento da meta para a presente campanha em 100 por cento.

A produção total de 28.300 toneladas de culturas de rendimento contra 25.500 toneladas da campanha anterior, o correspondente a um crescimento de 10 por cento e cumprimento do plano para a presente campanha em 82 por cento, também foi factor primordial para o alcance deste sucesso.

“A assistência a 96.029 produtores sendo 33.133 da rede de extensão, 51.653 pelas empresas fomentadoras e 11.243 pelas ONG’s, representando um crescimento de oito por cento, foi outro factor que contribuiu para este feito”, revela a fonte.

Durante a campanha do presente ano foram plantadas 5.893 hectares de espécies florestais exóticas, o correspondente ao cumprimento da meta em 42 por cento.

No âmbito das pescas, destaque vai para a captura de 10.279 toneladas de pescado contra 5.289 de 2010, o que se traduz num crescimento de 94 por cento e no cumprimento da meta em mais de cem por cento.

A fonte da AIM revela que, durante a campanha em apreço, foram comercializadas 16.517 toneladas de cultura de rendimento, o que representa o cumprimento da meta em 65 por cento e um crescimento em mais de 100 por cento, o que resultou no encaixe de 474,7 milhões de meticais.

No âmbito do turismo, a província de Niassa recebeu 26.726 hóspedes, contra 20.652 de igual período do ano anterior, o que representa um crescimento de mais de 100 por cento e o cumprimento de meta em 76 por cento.

“Ainda no domínio do turismo, destaca-se 31.599 dormidas contra 22.405 de igual período de 2010, representando um crescimento acima de 100 por cento e ao cumprimento do plano anual em 77 por cento”, aponta a fonte.

Na área das obras públicas e habitação, destaque vai para a manutenção de rotina de 2.174,73 quilómetros de estradas dos 3.062,2 quilómetros que haviam sido planificados, o que se traduz no cumprimento do plano anual em 71 por cento e a um crescimento de cinco por cento.

No tocante ao abastecimento de água, foram construídos 37 furos mecânicos dos 75 planificados e reabilitadas 41 fontes das 80 planificadas. A taxa de cobertura e de 69,8 por cento ao servir 1.046.695 pessoas.

Na área de energia, foram feitas 78 novas ligações nos distritos de Cuamba, Mecanhelas. Metarica, Maua e Marrupa, contando actualmente com cerca de 26.600 consumidores, para alem da ligação de sete sedes distritais a rede nacional de energia eléctrica.

Na área mineira foram produzidos 745 quilos de granada, contra 567 do ano anterior, o correspondente a um crescimento de 31,39 por cento em comparação a igual período de 2010.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!