Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

PRM recupera pistola abandonada na via pública em Maputo

A Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maputo recuperou uma arma pistola abandonada na via pública supostamente por indivíduos desconhecidos, na semana de 01 a 09 de Fevereiro, no bairro de Magoanine, e deteve vários cidadãos por roubou, assassinato, tráfico de soruma e violação de fronteiras. A Polícia não forneceu detalhes sobre as circunstâncias em que a referida arma de fogo foi encontrada.

Enquanto isso, um moçambicano identificado pelo nome de Dércio Vilanculos, de 24 anos de idade, está detido na 9ª esquadra do município da Matola indiciado de roubo de uma viatura com recurso a duas armas de fogo, uma pistola e outra do tipo caçadeira.

O Comando Distrital de Mabalane, na província de Gaza, deteve um cidadão identificado por Dinis Matavele, de 30 anos de idade, acusado de roubo de 600 mil meticais, um cheque no valor de 48 mil meticais, dois telemóveis e um cartão de banco num estabelecimento comercial.

Ainda em Gaza, o Comando Distrital de Massingi deteve Tomás Macandza, Geremias Chaúque, ambos de 24 anos de idade, encontrados na posse de 40 quilogramas de cannabis sativa, vulgo soruma.

Na província de Cabo Delgado, a PRM deteve três indivíduos identificados pelos nomes de Cassiano Norte, Cosme Ciprione e Lázaro Henriques, de idade que variam de 20 a 41 anos, por matar uma pessoa que em vida respondia pelo nome de Silvestre Chinaua, de 59 anos de idade.

No período em alusão, as forças de guarda fronteira prenderam 1.180 violadores de fronteiras, dos quais 723 moçambicanos, 266 malawianos, 103 zimbabweanos e 88 tanzanianos.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!