Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

‘Principal autor’ de sequestro de três espanhóis na Mauritânia é detido

A Polícia da Mauritânia deteve aquele que teria sido o principal autor do sequestro de três trabalhadores humanitários espanhóis no final de novembro pelo braço magrebino da rede Al-Qaeda, informou esta segunda-feira uma fonte dos serviços de segurança do país africano.

“É o principal autor desse sequestro e agora está detido”, afirmou essa fonte, que pediu para não ser identificada e se negou a dar mais detalhes. O jornal espanhol El Mundo informou no domingo, sem citar suas fontes, que Madri havia decidido pagar um resgate de “cinco milhões de dólares” pela libertação dos três espanhóis.

A Al-Qaeda no Maghreb Islâmico (AQMI) tem atualmente seis reféns europeus na região desértica do norte do Mali: um francês sequestrado no dia 26 de novembro em território malinês, três espanhóis capturados no dia 29 de novembro na Mauritânia e um casal de italianos sequestrado em 17 de dezembro, também na Mauritânia. Quatro islamitas detidos no Mali, exigidos pela AQMI em troca do refém francês, foram “libertados na noite de domingo para segunda-feira, depois terem cumprido suas penas”, informou uma fonte de segurança do país africano.

O braço magrebino da Al-Qaeda havia ameaçado assassinar o francês Pierre Camate se suas exigências não fossem atendidas antes de 20 de fevereiro. Com os islamitas libertados e levados para o norte do Mali, o “processo de libertação do refém francês poderá começar”, indicou no domingo à noite uma fonte malinesa que acompanha o caso.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!