Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Primeiras explorações da Chikwet forest dentro de 10 anos

As explorações intermediárias do projecto de cultivo de pinheiro, que está a ser desenvolvido pela “Chikwet Forest”, na província do Niassa, norte do país, poderão acontecer dentro dos próximos 10 anos.

O tempo de exploração podia ser mais reduzido, mas a empresa procurou trabalhar com esta variedade cujo derivado tem grande aceitabilidade no mercado, assim como pretende ver a sua adaptabilidade as condições da região onde está a ser desenvolvida. A garantia foi dada ao Presidente moçambicano, Armando Guebuza, durante a visita que efectuou Terça-feira ao campo de cultivo desta espécie, em uma área de quatro mil hectares.

O derivado será processado para produzir madeira e papel, nos próximos anos. Fontes ligadas ao projecto, iniciado há três anos, estimam em 25 milhões de dólares norte-americanos o valor até aqui investido, fasquia que aumentará para 60 milhões quando a extensão de terra para o cultivo atingir os 15 mil hectares, que a empresa Suíça pretende explorar.

A mesma fonte disse que o projecto, que emprega um total de 80 trabalhadores, continua na busca das variedades que melhor se adaptam as condições agroecológicas desta região, para que se possa reduzir o tempo de exploração da madeira derivada desta gigantesca árvore.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!