Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Primeira fábrica de alimento terapêutico

Moçambique contará a partir desta segunda-feira com a primeira fábrica de Alimento Terapêutico Pronto para Uso (ATPU), a ser inaugurada na cidade da Beira, província central de Sofala. Trata-se de uma unidade com capacidade para produzir 500 toneladas métricas de ATPU, o suficiente para tratar cerca de 30 mil crianças desnutridas.

A fábrica é resultado de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF) Um comunicado conjunto da direcção provincial da saúde de Sofala e do UNICEF, recebido no domingo pela AIM, refere que o ATPU é uma pasta com base em amendoim, que contem uma mistura de leite em pó, óleo, açúcar, vitaminas e minerais, em proporções adequadas para recuperar uma criança desnutrida. Assim, esta unidade fabril irá ajudar a expandir as intervenções nutricionais integradas em todo o país, especificamente o tratamento ambulatório da desnutrição aguda grave.

Em Moçambique, estima-se que quatro por cento de crianças menores de cinco anos sofre de desnutrição aguda grave e moderada, e, entre estas, cerca de um por cento sofre de desnutrição aguda grave. Segundo dados do sector da saúde, o tratamento tradicional da desnutrição aguda grave é feito, nos hospitais, com medicamentos essenciais e leites terapêuticos específicos, que podem implicar internamento da criança por entre três e quatro semanas, com a presença da mãe. Unidades semelhantes existem em países tais como o RDCongo, República Dominicana, Etiópia, Índia, Madagáscar, Malawi e Tanzânia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!