Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Premier League: Liverpool derrota Chelsea; Manchester United sofre primeira derrota

No clássico que encerrou a 26ª jornada do Campeonato Inglês, o Liverpool foi a Londres e derrotou os donos da casa por 1 a 0, com golo do português Raúl Meireles. Com o resultado, os Blues perderam a chance de aproximarem-se do topo da tabela, e beneficiarem da derrota do líder Manchester United, e mantiveram a quarta colocação com 44 pontos, mesmo número do Tottenham. Já o Liverpool, que vem mostrando incrível recuperação sob o comando de Kenny Dalglish, tirou a sexta posição do Sunderland, ficando com 38 pontos após a quarta vitória seguida.

No túnel que leva ao campo do estádio Stamford Bridge, Torres teve boa recepção de seus antigos companheiros. Como era de se esperar, porém, ao pisar no relvado, ele foi vaiado pelos torcedores visitantes. Logo no primeiro minuto de jogo, El Niño, como é conhecido, teve a primeira chance do jogo mas chutou forte, por cima da baliza. O Liverpool tinha uma proposta clara de marcar na defesa e chamar o Chelsea para o ataque. Os donos da casa, no entanto, não conseguiam criar e deixavam Torres, Didier Drogba e Nicolas Anelka isolados na frente.

Apesar da força defensiva, os Reds também falhavam na hora de levar a bola ao ataque. Quando conseguiam, faltava o homem de referência, já que os substitutos de Torres, Luis Suarez e Andy Carroll, não estavam em campo. Aos 30 minutos, Torres teve nova chance. Após passe de Drogba, o espanhol apareceu na cara de Pepe Reina, chutou, mas o defesa Jamie Carragher, impecável, evitou o golo com um carrinho.

Dois minutos depois, o argentino Maxi Rodriguez perdeu um golo inacreditável do outro lado: Steven Gerrard rematou cruzado e o argentino, com a baliza vazia, acertou o travessão. Na segunda etapa as equipa voltaram com o mesmo ritmo, num jogo com marcação forte e pouca criatividade no ataque. Carlo Ancelotti finalmente percebeu que tinha problemas na armação. Mas errou ao tirar Torres, pouco produtivo, para colocar Salomon Kalou, enquanto Anelka seguia mal em campo.

Aos 23 minutos, o Liverpool marcou o golo da vitória. Gerrard cruzou da direta e o português Meireles tocou com firmeza para o golo. Ancelotti tentou consertar o equívoco e colocou Florent Malouda para armar, assim como o brasileiro David Luiz, outro contratado no último dia da janela de transferencias. O jogo ficou mais aberto, mas o Liverpool, liderado atrás por Lucas e com Dirk Kuyt em grande dia, se defendia com maestria e ainda mostrava perigo no contra-ataque. No final, foram os torcedores do Liverpool que puderam sentir o gosto da vingança.

Líder derrotado pelo último classificado

O Manchester United entrou em campo podendo abrir sete pontos de vantagem para o vice-líder Arsenal e tinha uma missão teoricamente tranquila ao enfrentar o lanterna Wolverhampton. No entanto, a esperança de dar um passo decisivo rumo ao título transformou-se num pesadelo para os comandados de Sir Alex Ferguson, que saíram do Estádio Molineux derrotados por 2 a 1. Mais até do que perder um pouco da frente que tinha, o United viu o sonho de ser campeão invicto ruir com a derrota. Após 29 jogos de invencibilidade, também perdeu a chance de quebrar um recorde no clube, conseguido anteriormente entre 1998 e 1999. Pelo Campeonato Inglês, a equipe havia caído pela última vez no final da temporada passada, nos 2 a 1 para o Chelsea.

O Manchester chegou embalado por três vitórias seguidas, enquanto o rival vinha de três quedas. E deu impressão de que transformaria o duelo em formalidade ao abrir o placar logo aos três minutos, quando Nani invadiu a área, fez um drible no defesa  e chutou forte. No entanto, o Wolvehampton não se intimidou e aproveitou os vacilos de uma defesa desfalcada de Rio Ferdinand para empatar sete minutos depois. Após cruzamento pela direita, Elokobi subiu mais alto do que a defesa e cabeceou à equerda de Van der Sar.

E o que parecia impensável aconteceu: o lanterna virou para cima do líder aos 41, em lance parecido com o primeiro. Após cruzamento na área, Kevin Doyle escorou de cabeça, deslocando o guarda-redes do Manchester. No segundo tempo, o Manchester voltou disposto a se recuperar e se lançou de vez ao ataque. No entanto, apesar de pressionar, errou muitos passes e desperdiçou algumas oportunidades preciosas com Dimitar Berbatov e Wayne Rooney em dia bem abaixo do normal.

Confira os resultados da 26ª jornada do Campeonato Inglês:

Stoke 3 x 2 Sunderland

Aston Villa 2 x 2 Fulham

Everton 5 x 3 Blackpool

Manchester City 3 x 0 West Brom

Newcastle 4 x 4 Arsenal

Tottenham 2 x 1 Bolton

Wigan 4 x 3 Blackburn

Wolverhampton 2 x 1 Manchester United

West Ham 0 x 1 Birmingham

Chelsea 0 x 1 Liverpool

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!