Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Prejuizos rondam quinze milões de meticais

O Fundo de Investimento e Património do Abastecimento de Água (FIPAG) registou, nos últimos seis meses, prejuízos que ultrapassam mais de quinze milhões de meticais, como consequência de dívidas acumuladas dos consumidores e roubos sistemáticos de contadores, tubos de transporte de água, entre outros vários desmandos protagonizados por indivíduos desconhecidos.

Ilídio Khossa, director regional do FIPAG, refere que, do valor mencionado, cerca de 15 milhões estão relacionados com dívidas dos clientes e 350 mil meticais resultam de actos de vandalismo.

A título de exemplo, onosso entrevistado revelou que, em data recente, parte do sistema que fornece água ao bairro de Namutequeliua foi alvo de vandalismo, afectando, consequentemente, cerca de vinte consumidores. Na tentativa de reduzir acumulação de dívidas por parte dos consumidores de água, a empresa introduziu um sistema de pagamento por prestações, medida que tem permitido alguns resultados positivos, sobretudo ao nível das instituições públicas.

Em Nampula, o Fundo de Investimento e Patrocínio de Abastecimento de Água possui, presentemente, cerca de 13 mil clientes, e prevê-se que, até Dezembro, este número venha aumentar para 20 mil. Por outro lado, as projecções indicam que até ao ano de 2015 os níveis de abastecimento de água na cidade de Nampula poderão subir, dos actuais 50 por cento, para 70 por cento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!