Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Preço de arroz estável na primeira semana de Novembro

O preço de arroz manteve-se estável em Moçambique até à primeira semana do mês corrente, Novembro, segundo o Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA), instituição adstrita ao Ministério da Agricultura.

A observação foi feita entre 31 de Outubro e 7 de Novembro de 2011, período em que o valor de venda mais baixo foi praticado a 22,77 meticais por quilograma, em Montepuez, na província de Cabo Delgado, contra 40,98 meticais/ quilograma, em Lichinga, no Niassa, de acordo com aquela entidade governamental, acrescentando que, no geral, “observou-se uma estabilidade de preços em quase todos os mercados nacionais”.

No global, o SIMA refere ainda que a estabilidade de preços verificou-se em todos os produtos cerealíferos dos principais mercados moçambicanos, salientando que o milho apenas registou uma ligeira subida nas vilas da Gorongosa, província de Sofala, e Ulongué, em Tete. Naquelas regiões, o milho registou uma subida de 33%, na Gorongosa, e 8%, em Ulongué, passando a 9,14 meticais por quilograma e 7,27 meticais/quilograma, respectivamente.

Tal como arroz e milho, o preço da farinha de trigo esteve também estável na maioria dos mercados nacionais. Entretanto, a sua estabilidade foi acompanhada de uma subida de 14% na vila de Mutarara, em Tete, onde o preço ao retalho passou para 40 meticais/ quilograma.

Contudo, o SIMA acrescenta que o preço mais alto da farinha de trigo, estimado em 43 meticais/quilograma, foi praticado em Lichinga, enquanto o mais baixo, de 22 meticais por quilograma, registou- se em Quelimane, na Zambézia, e Angónia, em Tete.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!