Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

USD 13,5 milhões para melhorar competitividade do sector de pescas

Cerca de 13,5 milhões de dólares norteamericanos acabam de ser disponibilizados para equipar e apoiar a introdução de tecnologias modernas para melhorar o processo de produção, conservação e comercialização de pescado moçambicano destinado à exportação.

O projecto destina- se ao desenvolvimento de infra- estruturas, implementação de Cerca de 13,5 milhões de dólares norteamericanos acabam de ser disponibilizados para equipar e apoiar a introdução de tecnologias modernas para melhorar o processo de produção, conservação e comercialização de pescado moçambicano destinado à exportação.

A melhoria de infra-estruturas económicas vai permitir maior acesso às zonas de grande potencial pesqueiro, segundo ainda a OFID, apontando os operadores da província central de Sofala como os primeiros a beneficiarem daquele projecto. A iniciativa insere-se no âmbito do Projecto de Produção da Pesca Artesanal (PROPESCA) que tem em vista dar maior dinâmica ao sector de pescas, impulsionar a comercialização da pesca de pequena escala e “adopção de práticas de execução e gestão que garantam maior rentabilidade da actividade”, segundo igualmente o Fundo da OPEC para Desenvolvimento Internacional. Dados oficiais indicam que pouco mais de 300 mil pescadores moçambicanos estão envolvidos na pesca artesanal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!