Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Portucel mantém interesse de investir em Moçambique

A Portucel, maior grupo português de produção de pasta e papel, reafirmou há dias o seu interesse de investir em Moçambique, onde no ano passado conseguiu aprovação do Governo de uma concessão de 173 mil hectares de terreno na Província da Zambézia, que deverão ser complementados com uma área adicional de 220 mil hectares em Manica.

No seu relatório e contas de 2010, o grupo português refere que está a desenvolver um conjunto de estudos de viabilidade industrial e logística com vista à concretização de um projecto integrado de produção florestal, de pasta e de energia.

Trata-se de mais um empreendimento integrado na cadeia de Agro-Negócios que Moçambique tem vindo a promover com vista a tirar máximo proveito das extensas áreas que dispõem para o desenvolvimento da actividade económica.

O projecto da portuguesa Portucel em Moçambique tem passado pela revisão do seu plano de investimento, nomeadamente no capítulo das áreas florestais, depois do Governo moçambicano ter atribuído à empresa, a título de concessão, na região de Manica, uma área para a plantação de eucaliptos que alimentasse a produção da nova unidade industrial do grupo fora de Portugal.

Do total de 220 mil hectares de área que havia sido concessionada à empresa na Província de Manica, mais de metade foi reprovada pela população.

O estudo de viabilidade do grupo Portucel havia identificado as áreas em cinco distritos da Província de Manica, mas nas consultas comunitárias várias parcelas foram reprovadas, o que fez com que novos estudos fossem desenvolvidos em novas áreas.

“Das parcelas anteriormente definidas pela empresa Portucel, que perfaziam o total dos 220 mil hectares, apenas 80 mil estavam disponíveis e as restantes foram reprovadas pela população no acto das consultas comunitárias”, segundo explicou à Lusa Lázaro Gumende, chefe dos serviços de Geografia e Cadastro do Governo de Manica.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!