Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desporto para deficientes é ainda uma miragem no País

Em Moçambique, a prática do desporto para pessoas portadoras de deficiência, principalmente a física, é ainda uma miragem e quase impossível a sua promoção devido ao elevado custo que envolve a aquisição do material necessário.

 

 

A título de exemplo, O Autarca apurou que uma cadeira de roda concebida para a prática da modalidade de basquetebol por parte de deficientes físicos custa no mínimo 7.500 dólares norte americanos, o equivalente a cerca de 240 mil meticais.

Com esse valor, refira-se, é possível adquirir-se uma viatura de classe média, o que ainda assim está longe da capacidade da maioria dos moçambicanos nesse escalão, incluindo de muitas empresas e instituições que poderiam disponibilizar apoio para a prática do desporto para as pessoas com deficiência física.

Ademais, tais cadeiras a sua aquisição por enquanto só é possível no mercado externo, outro constrangimento atendendo que esse tipo de operações envolve custos adicionais, nomeadamente os encargos decorrentes das obrigações aduaneiras e o custo de transporte. Os promotores do desporto para pessoas portadoras de deficiência sugerem ao Governo uma maior atenção para essa área.

Aliás, tem sido frequente cidadãos portadores de deficiência reclamarem da falta de atenção por parte do Governo, a qual tem se manifestado através da desigualdade de oportunidades sobretudo nos domínios da formação e inserção no mercado do emprego.

Em quase toda parte do mundo, principalmente nos países sub-desenvolvidos, as pessoas com deficiência, historicamente, encontram-se numa situação de marginalização, de exclusão social.

Urge a tomada de consciência para o estabelecimento de medidas que oferecem igualdade de oportunidades como o trabalho, a educação, a saúde, desporte, cultura, lazer.

Os passos acima referidos entende- se são contribuidores para uma integração social, ou seja, inevitáveis para uma sociedade que se pretenda inclusiva.

Light for the World e Handicap Internacional disponibilizam 48 cadeiras

Duas organizações estrangeiras que actuam em Sofala nos domínios sócio-humanitário, nomeadamente a Light for the World e a Handicap International, acabam de oferecer 48 cadeiras de rodas feitas para ajudar os deficientes físicos a praticarem a modalidade desportiva de basquetebol.

As cadeiras oferecidas a Associação Desportiva para Pessoa com Deficiência em Sofala (ADPDS), foram adquiridas no mercado asiático, mais concretamente na China, ao custo de 7.500,00 dólares norte americanos cada.

O responsável pela Associação Desportiva para Pessoa com Deficiência em Sofala, Domingos Langa, disse ao nosso jornal que neste momento decorre o processo de negociações junto a Autoridade Tributária de Moçambique por forma a obtenção de autorização de isenção do pagamento de impostos aduaneiros.

Langa explicou que a disponibilização daquele material desportivo feito para pessoas portadoras de deficiência vai tornar mais dinamica as actividades da agremiação que representa. Indicou que presentemente a associação promove treinos e jogos de basquetebol para deficientes físicos com recurso a cadeiras improvisadas.

No entanto, esclareceu que as 48 cadeiras ora adquiridas é para serem repartidas pelas quatro províncias do Centro e Norte do País onde já se pratica de forma massiva o desporto para deficientes, nomeadamente Sofala, Manica, Tete e Niassa.

A ADPDS existe desde 2005, tendo se tornado a primeira experiência do género em Moçambique, com objectivo principal de promover a actividade desportiva para deficientes, como forma de ocupa-los nos seus tempos livres e de lazer, além da importância que congrega no fortalecimento de habilidades física dos praticantes.

Desde da sua existência, a ADPDS basicamente tem sobrevivido de doações de organizações não governamentais, principalmente estrangeiras.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!