Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia prende dois funcionários do Plano e Finanças e um comerciante

Dois funcionários da Direcção do Plano e Finanças e um comerciante de Lichinga, no Niassa, encontram-se detidos em conexão com o desvio de 348.366 meticais, com recurso à falsificação de documentos para acesso fraudulento a uma conta da instituição pública em referencia no banco Barclays.

Segundo o jornal Diário de Mocambique, que cita Sizi Panguene, porta-voz do comando da polícia da República de Moçambique no Niassa, o qual disse que os detidos respondem pelos nomes de Isabel Aiuba e Rachide Issufo, ambos funcionários do Plano e Finanças, afectos na área das pensões, e Salimo Omade, comerciante, o qual teria falsificado documentos para o cometimento do crime.

Sizi Psnguene não avançou mais detalhes sobre o assunto. Faduco Dembele, director Provincial do Plano e Finanças do Niassa, confirmou a detenção dos seus colegas, mas também sem fornecer pormenores. “vieram aqui dois polícias com um mandado de busca e captura”, referiu a fonte.

Dembele acrescentou que estava escrito no documento que os funcionários “são acusados de terem falsificado documentos, mais detalhes não temos”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!