Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia pede colaboração da população para encontrar “engomadores”

O porta-voz do Comando Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Pedro Cossa, acusou, nesta terça-feira (6), a população de não colaborar com as autoridades policiais com vista a resolver os sucessivos casos de crimes que se verificam em alguns bairros do município da Matola, provincia meridional de Maputo, e do país em geral.

Reagindo às acusações que os residentes dos bairros atiram contra a polícia de que esta não esta a fazer patrulha, Cossa disse isto não corresponder a verdade. segundo ele, a sua corporação faz patrulha, mas não tem tido uma colaboração que se devia esperar por parte da população.

Falando em conferência de imprensa, em Maputo, ele disse que a policia tem procurado fazer tudo ao seu alcance, mas não tem tido a colaboração que esperava das pessoas.

“Eu já disse várias vezes que a capacidade que o Estado tem de oferecer uma melhor segurança e tranquilidade públicas para todos é a que está sendo dada. A população não deve suspeitar de um criminoso e não reportar pelo facto de o indivíduo ser seu primo, amigo, cunhado ou filho ou, também, porque a polícia está aí fardada”, sublinhou. “A população espera que a polícia, enquanto estiver de patrulha, desconfie da existência, em casa do fulano ou sicrano ou de não sei quem, de indivíduos malfeitores, mas isto não deve ser assim. As populações, em qualquer canto do mundo, colaboram com as autoridades policiais”, acrescentou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!