Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Rival de Putin, magnata russo Khodorkovsky tem pena de prisão reduzida

O Supremo Tribunal da Rússia reduziu a pena de prisão do ex-magnata do petróleo Mikhail Khodorkovsky por dois meses nesta terça-feira, permitindo que um dos maiores críticos do presidente Vladimir Putin saia da cadeia em agosto de 2014, após mais de uma década atrás das grades.

O tribunal confirmou a condenação de Khodorkovsky em 2010 por lavagem de dinheiro e roubo de petróleo, mas reduziu sua sentença depois de um recurso de seus advogados. Khodorkovsky, que também foi condenado por fraude e evasão fiscal em 2005, era o homem mais rico da Rússia antes de ser preso em 2003, após se desentender com Putin.

Ele é visto por alguns críticos do Kremlin como um potencial líder da oposição. Algumas personalidades da oposição duvidam que Putin permita que Khodorkovsky, de 50 anos, fique livre até que esteja certo de que ele não é uma ameaça política, mas os seus advogados dizem que o ânimo dele não foi abalado.

“Colónias penais russas nunca foram, e não são, propícias para se sentir melhor, especialmente depois de 10 anos. Mas, considerando tudo isso, seu espírito é inquebrável”, disse o advogado de defesa Vadim Klyuvgant após a decisão em Moscovo.

Platon Lebedev, sócio de Khodorkovsky, também teve sua sentença diminuída por dois meses e vai ser capaz de andar livre em maio. Khodorkovsky dirigiu-se ao Supremo Tribunal Federal em um link de vídeo a partir de sua colónia penal, próximo ao Círculo Polar Ártico.

“Neste caso, o mantra habitual de que tudo é legal e bem fundamentado não é suficiente”, disse Khodorkovsky, vestido com uma camisa preta e lendo notas de forma clara e calma. Descrevendo o seu caso como político, ele disse: “As decisões judiciais falhas já se tornaram um catalisador para o movimento de protesto (contra Putin). Uma parte crescente da sociedade faz exigências… para ser capaz de viver e não ter medo.”

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!