Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detido por uso de arma de brinquedo

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM), afecto à banda militar do Comando da Cidade de Maputo, está privado de liberdade, na 14ª esquadra, por ter sido surpreendido na posse de uma arma de fogo de brinquedo, com a qual supostamente praticava desmandos.

O indiciado contou que arrancou o brinquedo das mãos de uma criança porque o mesmo assusta e tinha medo de alguém usá-lo para fins maliciosos. O jovem disse ainda que por ele ser policial achou que saberia afastá-lo do petiz, para que não brincasse aos “tiros” ou ameaçar as outras crianças.

O agente da Lei e Ordem disse que um amigo da zona onde vive descobriu que ele trazia uma arma de brinquedo, e acusou-o de protagonizar alguns assaltos. “Ele chamou a PIC [Polícia de Investigação Criminal] para me recolher”.

“Não cometi nenhum crime com esta brinquedo. Eu trabalho com armas mas não fiz o que se está a dizer. Os agentes da PIC agrediram-me quando ofereci resistência por não saber para onde pretendiam me levar, porque ninguém dizia quais eram as causas da minha detenção”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!