Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detém um indivíduo suspeito de assassinar um português em Maputo

Um moçambicano está a contas com a Polícia acusado de participar no assassinato do português Horácio da Silva, na madrugada de quarta-feira (11), no bairro dos Pescadores, na capital moçambicana.

A vítima, que foi espancada e baleada na sua própria residência numa altura em que se encontrava com a namorada, era um empresário do ramo de mobiliário. Segundo Neto Zacarias, indivíduo que guarnecia a casa de Horácio da Silva, a detenção do presumível assassino foi graças a uma denúncia de populares.

Neto Zacarias contou-nos que na manhã do dia em que o crime se deu, o indivíduo ora enclausurado foi visto pelos vizinhos de Horácio da Silva a deambular na zona, desnorteado, ensanguentado e com ferimentos graves, facto imediatamente associado ao crime e à forma como a português perdeu a vida. Refira-se que a vítima travou uma luta na tentativa de escapar do malfeitores mas foi dominada.

Após a denúncia, o Piquete Operativo da Polícia da República de Moçambique (PRM), que ainda se encontrava no local do delito encetou uma perseguição que culminou com a detenção. Entretanto, é ainda escassa a informação em relação à situação da namorada da vítima, que, para além de não ter sido maltratada pelos alegados bandidos, e suspeita de ter encomendado a morte do seu parceiro, por motivos, também, até aqui desconhecidos. Estão por localizar dois indivíduos do grupo de homicidas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!