Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detêm nove pessoas por posse ilegal de armas de fogo

A polícia moçambicana (PRM) deteve, durante a semana passada, nove indivíduos, indiciados de posse ilegal de armas de fogo. Segundo a Polícia, seis daqueles indivíduos foram detidos na cidade de Maputo, um no distrito de Bilene, província de Gaza, e dois no distrito de Inharrime, na província de Inhambane, todos na região Sul de Moçambique.

Os seis detidos em Maputo, com idades entre 23 e 43 anos, foram surpreendidos na posse de cinco armas de fogo e 27 munições de diversos calibres. O indivíduo detido na província de Gaza, tem 30 anos de idade, e na ocasião estava na posse de uma pistola de marca Gomo, sem munições.

Em comunicado de imprensa, a PRM explica que os dois indivíduos detidos em Inhambane, um de 39 e outro de 43 anos de idade, foram apanhados em flagrante delito, na posse de duas armas de caça, a tentar roubar cabeças de gado bovino no curral de uma residência. “No âmbito da campanha de sensibilização das comunidades rurais para a entrega de armas de fogo em seu poder, ao nível da província de Nampula (Norte do Pais), distrito de Ribaue, alguns populares procederam a entrega voluntária de 30 armas de fabrico caseiro, vulgarmente conhecidas por Pataca”, revela a Polícia.

Durante o período em análise, segundo o comunicado, a PRM deteve 922 indivíduos indiciados no cometimento de actos criminais diversos, sendo 115 contra a propriedade, 50 contra pessoas e 14 contra a Ordem e tranquilidade Públicas. No mesmo período, a Policia deteve igualmente 743 violadores de fronteira, dos quais 166 moçambicanos, 112 zimbabweanos, 40 tanzanianos, 24 malawianos e seis zambianos, para além da neutralização de 395 emigrantes ilegais, sendo 254 etíopes 137 somalis e quatro bengaleses.

Por outro lado, as autoridades sulafricanas repatriaram, na semana em referência, 305 moçambicanos, na sua maioria desempregados, acusados de prática de diversas infracções O comunicado refere que, na semana de 09 a 15 de Maio, foram registados 216 casos criminais contra 275 de igual período de 2008, o que corresponde a uma redução em 59 casos.

Daquele numero, 145 foram contra a propriedade, um dos quais cometido com recurso a arma de fogo na província de Maputo, 62 foram contra as pessoas e nove contra a ordem, segurança e tranquilidade públicas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!