Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia detém cidadãos por burla e posse ilegal de arma de fogo em Maputo e Gaza

Dois indivíduos identificados pelos nomes de Márcio e Hélder, de 26 e 41 anos de idade, estão presos na 1a esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Maputo, em virtude de alegadamente terem sido surpreendidos a tentar de sacar 730 mil meticais num estabelecimento bancário com recurso a um cheque falso, entre 06 e 12 de Setembro em curso.

Outro cidadão que responde pelo nome de Aires, de 31 anos de idade, está também a contas com a Polícia acusado de burlar 880 mil meticais a um cidadão identificado pelo nome de Mussá, de 30 anos de idade, na capital moçambicana.

No período em alusão, outro indivíduo de nome Viriato, de 50 anos de idade, encontra-se detido no distrito de Massingir, na província de Gaza, indiciado de posse ilegal de uma arma de fogo. Segundo Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral da PRM, o visado foi surpreendido a caçar animais no Kruger Park.

Enquanto isso, a PRM deteve 1.545 pessoas, das quais 1.421 por violação de fronteiras, nove por imigração ilegal e 115 por cometimento de vários crimes. Da República da África de Sul, a corporação repatriou 338 moçambicanos, sendo 301 homens, 28 mulheres e nove crianças, através das fronteiras de Ressano Garcia e da Ponta de Ouro.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!