Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia captura supostos raptores de empresários em Maputo e Matola

A Polícia moçambicana deteve, Domingo último (8), membros de uma quadrilha supostamente envolvida no sequestro, semana finda, de um cidadão moçambicano de origem asiática, na zona de Beluluane, na província meridional de Maputo.

Mesmo sem confirmação oficial da corporação, o jornal “O Pais” sabe que o comando da província de Maputo esta a levar a cabo uma operação em Beluluane e Boane.

A operação resulta do facto de um grupo de indivíduos ter sequestrado, última Quinta-feira (5), um cidadão que, depois, viriam a liberta-lo mediante o pagamento de cerca de 2 milhões de dólares norte-americanos.

Os agentes da Lei e Ordem apertaram o cerco nas principais vias da província de Maputo, numa operação a pente fino, onde nenhuma viatura escapou do raio X da policia.

Na mesma acção, uma viatura ficou crivada de balas, depois de uma troca de tiros entre os ocupantes e a policia, o que resultou no ferimento grave dos dois ocupantes, encaminhados em seguida ao hospital.

Uma fonte da policia confirmou ao jornal que a corporação recuperou duas viatura abandonadas nas matas de Beluluane e na vila de Boane, uma das quais com avultadas somas em dinheiro, que supõe ser o montante de resgate.

Última Sexta-feira (6), o empresário dos Armazéns Favorito, apenas identificado por Salim, que havia sido raptado há duas semanas, foi libertado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!