Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Polícia apreende 360 munições nas barreiras de Maxaquene

Cerca de 360 munições de armas de fogo foram apreendidas pela Polícia da República de Moçambique (PRM), na semana passada, algures nas barreiras do campo de futebol do Clube de Desportos da Maxaquene, na Baixa da cidade do Maputo.

Elas estavam enterradas, segundo Arnaldo Chefo, porta-voz do Comando da PRM da cidade do Maputo, indicando em seguida que, em conexão com o caso, foram detidos dois indivíduos que se encontravam escondidos nas proximidades do local onde estavam as munições.

“A zona onde elas estavam mete muito medo e é de ocorrência de inúmeros casos de assalto de pessoas que por lá passam em direcção ao Museu ou à Baixa”, apontou Chefo, avançando que há cerca de 15 dias foi violada sexualmente uma senhora que descia as barreiras e uma outra foi encontrada carbonizada na mesma zona.

Obreiro da IURD esfaqueado

Entretanto, um obreiro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) foi esfaqueado até a morte por três indivíduos, no bairro Aeroporto, arredores da cidade do Maputo, quando saía da igreja em direcção à sua casa. Suspeita-se que o móbil do crime esteja relacionado com questões religiosas, segundo ainda Arnaldo Chefo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!