Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Petróleo sobe e volta aos 80 dólares em Nova York

Os preços do petróleo fecharam em alta esta quarta-feira em Nova York, com o barril de referência voltando aos 80 dólares, impulsionado pela queda do dólar e por elementos positivos no relatório semanal sobre as reservas dos EUA.

No New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do West Texas Intermediate (“light sweet crude”) para entrega em abril fechou a 80 dólares, em alta de 1,14 dólar em relação à terça-feira. No pregão precedente, a mesma posição havia recuado 1,45 dólar, após cinco sessões em alta.

O mercado subiu seguindo a tendência de Wall Street, após declarações do presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, que contribuíram para a queda do dólar. Bernanke reafirmou hoje na Câmara de Representantes seu compromisso em manter as taxas de juros baixas “durante um longo período”, devido ao alto desemprego e à fragilidade da economia, afastando qualquer ideia de um ajuste na política monetária da instituição em um futuro próximo.

A queda do dólar permitiu neutralizar o relatório semanal sobre reservas de petróleo nos Estados Unidos, explicou Andy Lipow, de Lipow Oil Associates. As reservas de petróleo aumentaram pela sexta vez consecutiva na semana passada, em 3 milhões de barris, segundo o departamento de Energia, contra a previsão de alta de apenas 1,2 milhão de barris dos analistas.

Os dados da API, a associação americana de industriais do petróleo, antecipavam uma queda de 3,1 milhões de barris. O retrocesso dos estoques de produtos destilados, entre eles combustível de calefação, foi menos importante que o previsto: de 600 mil barris contra a estimativa de 1,9 milhão.

Mas o mercado parece ter-se concentrado na queda inesperada das reservas de gasolina, de 900.000 barris, contra a expectativa de alta de 500.000 barris, destascou Andy Lipow.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!