Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Petróleo: GALP e ENI avançam com primeira perfuração

A companhia petrolífera portuguesa “Galp” vai avançar com a primeira perfuração petrolífera em Moçambique em Maio próximo. Trata-se de um projecto partilhado com o grupo italiano “ENI”, através de um consórcio que controla as operações de um bloco na Bacia do Rovuma, no Norte do país.

Localizado em águas ultra-profundas, a 2.600 metros abaixo do nível do mar, os estudos já feitos revelam, segundo informação da própria Galp, que a zona tem um potencial de petróleo elevado.

Segundo o jornal português “Diário Económico”, os resultados deverão ser conhecidos no espaço de três meses. Em caso de sucesso, caberá à empresa portuguesa 10 por cento do crude encontrado (um valor equivalente à sua participação no capital da concessão).

À ENI caberão os 70 por cento, uma vez que os restantes 20 por cento serão partilhados entre os restantes accionistas, nomeadamente Kogas e a moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, a razão de 10 por cento cada.

O prazo de exploração desta área, num total de 17.646 quilómetros quadrados e que entrou na carteira de activos da Galp em 2007, está dividido em três períodos, devendo expirar em Fevereiro de 2015.

Para a petrolífera portuguesa este promete ser o terceiro eixo da sua estratégia no negócio da exploração e produção de petróleo, a seguir a Angola e ao Brasil, onde tem concentrado até agora os principais esforços de investimento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!