Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maputo e Matola: projectada criação de empresa municipal de transportes

As cidades de Maputo e Matola, sul de Moçambique vão criar brevemente uma Empresa Municipal de Transportes. Na cidade de Maputo, a empresa poderá estar funcional dentro dos próximos quatro meses.

Para o efeito, já foi concluído o estudo de viabilidade para a criação da referida empresa, que foi apresentado, sexta-feira, aos funcionários municipais e membros da Assembleia Municipal, bem como aos quadros dos Ministérios dos Transportes, num seminário orientado pelo presidente do Município de Maputo, David Simango.

Segundo reporta a Televisão de Moçambique, estação pública, a criação da futura Empresa Municipal de Maputo foi justificada pelo presidente da edilidade como sendo necessária para colocar o serviço de transporte mais próximo dos munícipes.

De acordo com o estudo, a futura empresa assumiria as actuais 210 linhas onde operam os Transportes Públicos de Maputo (TPM), mas, para o efeito, necessitaria na primeira fase da operação de 273 autocarros.

Outra recomendação é que os futuros serviços devem herdar o património passivo e activo dos TPM, com sede na cidade de Maputo.

Dados avançados no estudo revelaram que os TPM operaram entre 2005 e 2010 em moldes financeiros deficitários, tendo acumulado neste período, uma dívida de 275 milhões de meticais (um dólar equivale a 31,4 meticais).

Assim, caso a nova empresa herde a dívida, necessitaria de oito anos para a sua amortização e, nessa altura, a dívida terá crescido para o dobro. Uma saída para a questão, segundo avança o estudo, é que a dívida seja assumida, integralmente, pelo Estado.

A par da aquisição de mais autocarros, o governo e as edilidades de Maputo e Matola estão empenhados em soluções transversais para a problemática do transporte.

Uma das soluções anunciadas por David Simango, na ocasião, é, num futuro não longínquo, fazer-se uso do metro de superfície ou subterrâneo e o fortalecimento dos transportes fluvial e ferroviário, projectos que incluem a criação ou fortalecimento dos sistemas de circulação para os mesmos.

A criação do novo Serviço Municipal de Transportes é um dos mecanismos encontrados pelas edilidades como resposta ao problema da actual escassez do transporte público urbano, nas cidades de Maputo e Matola.

Neste encontro, o presidente do Município de Maputo disse que a criação empresas municipais de transporte nas cidades de Maputo e Matola é irreversível.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!