Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pesquisa de gás natural em Sofala e Inhambane arranca em Setembro de 2011

Os trabalhos de prospecção de gás natural ao longo da costa das províncias de Sofala, no Centro de Moçambique, e Inhambane (Sul) deverão iniciar em Setembro do presente ano de 2011, apurou o Correio da manhã de fonte habilitada da SASOL Petroleum International, empresa concessionária do empreendimento.

De acordo com Peter Dekker, gestor de Exploração para África naquela companhia multinacional, em Abril de 2011 deverá ser lançado um concurso internacional visando apurar a firma responsável pelas obras de construção da plataforma que vai suportar os trabalhos de pesquisa de gás natural em Sofala e Inhambane.

Aquele gestor destacou a presença de “indícios significativos” de gás natural comercialmente viável naquela região de Moçambique, sem, contudo, avançar os montantes que deverão ser aplicados com vista à viabilização da pesquisa daquele hidrocarboneto.

O estudo de impacto ambiental visando apurar o grau de emissões de descargas e deposição de resíduos poluentes nos locais a serem abrangidos pela operação classifica de “menor” o impacto daquela operação, “desde que se cumpram os regulamentos locais e internacionais relevantes à matéria ambiental”, segundo dados contidos naquele documento apresentado esta terça-feira em Maputo.

O documento aprovando os trabalhos de pesquisa em Sofala e Inhambane deverá ser submetido ao Ministério para a Coordenação da Acção Ambiental (MICOA) até finais de Março presente para a sua apreciação, de acordo com António Couto, director-geral da Impacto, empresa moçambicana que desenvolve aquele estudo desde o início de 2011, em parceria com a multinacional Environmental Resources Management (ERM).

Refira-se que o estudo contemplou ainda sessões de auscultação pública da sociedade civil e populações residentes nas proximidades dos locais de pesquisa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!