Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunte a Tina se é prejudicial fazer sexo com tua esposa que tem uma filha de quatro meses

Olá Tina. Sou um jovem casado, de 20 anos. A minha esposa pede que tenhamos relações sexuais mesmo sabendo que temos uma filha de quatro meses. Será prejudicial?

Meu querido leitor, a tua esposa não está errada em pedir que façam relações sexuais, mesmo tendo uma bebé de quatro meses. Há muitos mitos à volta das relações sexuais depois do parto. Muitos casais não fazem sexo simplesmente porque as mulheres, de forma geral, reduzem bastante o seu desejo sexual depois do parto.

Pode levar semanas, ou meses até que elas sintam desejo sexual pelos seus parceiros. A outra razão é que as mulheres não vêem a menstruação por muito tempo depois do parto, o que faz com elas tenham medo de engravidar outra vez, então evitam o sexo.

Para evitar a gravidez, elas devem pedir um aconselhamento médico sobre o tipo de método contraceptivo mais seguro que não afecte o leite materno. Há outros mitos à volta da sexualidade, ligados à cultura, que muitos dos leitores conhecem.

Talvez por isso tu estejas com dúvidas sobre o seu pedido. Entretanto, a não ser que a tua esposa tenham sofrido alguma lesão depois do parto que a iniba de realizar o acto sexual, não é prejudicial fazer sexo sabendo que ela tem uma bebé de quatro meses.

Garantam que ela não vai engravidar, e que não contraiam qualquer infecção de transmissão sexual que a obrigue a fazer tratamentos com antibióticos que possam afectar a criança, por exemplo. Boa saúde.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!