Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta a Tina… Sou um rapaz que sofre de ansiedade, seguido de depressão

Sou um rapaz que sofre de ansiedade, seguido de depressão há oito anos e a tentar fugir dela. Os meus amigos levaram-me para um bordel. Chegado lá (…) fiz um acordo com ela (a menina) apenas para ela dançar nua,  já com medo de transar. (…) Ela pediu-me que eu colocasse a camisinha, pois eu fiquei excitado e eu aceitei. Mas o que me deixa preocupado é que eu só lhe vi a pegar na camisinha e a rasgar com a boca (…) não houve penetração e ela não pegou em nada do meu corpo. (…) Depois de três semanas, uma pessoa que passou por uma pequena situação de risco já pode fazer o teste de VIH? Por favor, tire-me essa dúvida, pois moro num sítio na zona rural. Agradecido desde já, Manuel.

Olá meu querido leitor. Hás-de reparar que encurtei a tua pergunta para poder caber dentro dos parâmetros do espaço que são concedidos à coluna, deixando apenas as partes fundamentais da tua história, pois a tua pergunta é útil. Começo por explicar-te que o VIH é o Vírus de Imunodeficiência Humana, que é transmitido de uma pessoa seropositiva (que vive com o vírus) para outra seronegativa (que não vive com o vírus) através da pratica do sexo sem uso do preservativo, ou do uso de objectos cortantes não esterilizados. O período de tempo entre a infecção e o início da produção de anticorpos é denominado “período de janela” e em que o teste de VIH pode dar um resultado negativo apesar da presença do VIH no corpo. Fazer o teste é um acto de prevenção e de protecção, porque, ao sabermos o nosso estado serológico, somos capazes de tomar decisões informadas sobre a nossa vida. Para realizar o teste, é necessário ires a qualquer Unidade Sanitária (mesmo nas zonas rurais) procurar Aconselhamento e Testagem de Saúde. Os conselheiros (que podem ser pessoas leigas ou enfermeiros) têm a capacidade de conversar e ajudar a compreender todos os factores de risco de transmissão de doenças e formas de preveni-las. Se tens duvidas, é melhor que vás. Mais ainda, não coloques a tua vida em risco só para satisfazer os teus amigos.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!