Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pergunta à Tina se o vulgo “depo-provera” pode provocar esterilidade permanente

Sou Anatólia. Bom dia, boa tarde ou boa noite, conforme a hora que estiver a cuidar deste meu pobre e-mail. Vim desta vez e a primeira perguntar se o vulgo “depo-provera” pode provocar esterilidade permanente a uma mulher que começou a fazer uso deste método há vários anos.

Olá minha querida. Gostei da tua pergunta, porque me fez estudar muito…! Talvez fosse melhor começar por explicar aos leitores que não sabem que o vulgo “depo-provera”, como tu bem dizes, é o nome comercial de uma substância líquida chamada acetato de medroxiprogesterona que tem a função anticoncepcional injectável.

Algumas pessoas chamam também de “vacina” contraceptiva, ou para evitar a gravidez. Este método de evitar a gravidez é autorizado e distribuído pelo Ministério da Saúde.

Então, estive a investigar e o que aprendi é que não é tão fácil dar-te uma resposta, do tipo “sim” “não”. Tudo depende do teu organismo e da forma como ele reage ao medicamento.

A progesterona é uma hormona desenvolvida em laboratório, e por isso ela pode trazer benefícios, mas, associada aos benefícios, causar efeitos secundários. Mas isto acontece com qualquer medicamento que nós consumimos.

Por essa razão, a minha sugestão é que tu faças uma visita a um/a ginecologista e expliques o que sentes, se é que sentes alguma coisa desconfortável.

A saúde é tua, então deves ter coragem de perguntar tudo o que precisas de saber sobre este método de evitar a gravidez. E, mais ainda, procura saber se há outros tipos de anticoncepcionais que te deixem mais descansada.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!