Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Paulo Zucula afirma que Concelho Municipal da Beira nunca mostrou interesse de gerir os TPB

Sobre alegada transferência de gestão da empresa pública Transportes Públicos da Beira (TPB-EP) para o Conselho Municipal da Beira, o Ministro dos Transportes e Cominicações, Paulo Zacula, disse, na cidade da Beira, que todos os municípios têm que assumir a responsabilidade dos Transportes Públicos das respectivas autarquias.

Com efeito, referiu, para assumirem essa gestão precisam estar preparados, mencionando primeiro precisam possuir uma instituição ou organização que faça a gestão destes serviços com capacidade de repor o equipamento, em segundo lugar tem que ter as infra-estruturas próprias, em terceiro lugar tem que ter capacidade de contribuir para participar no subsídio e quando eles reunirem estas três condições o governo passará a gestão dos TPB para o Conselho Municipal da Beira.

“Em Maputo aconteceu assim, porque o Conselho Municipal de Maputo apresentou-nos provas de que haviam reunido condições necessárias para agestão dos TPM”.

Paulo Zucula afirmou o Conselho Municipal da Beira nunca se aproximou ao Ministértio dos Transportes e Comunicações para manifestar interesse na gestão dos TPB.

“Acreditamos quando eles tiverem reunido as condições necessárias vão nos aproximar e nessa altura poderemos iniciar o processo de transferência da gestão, o mesmo devendo suceder a outros municípios do país”.

Zucula reagia a questionamento de jornalistas a margem do vigésimo nono conselho coordenador do ministério que dirige, que decore na cidade da Beira desde a última terça-feira com terminos previsto para esta quinta-feira.

O encontro decorre sob o lema “Infra-estruturas e servicos de transportes e comunicações mais próximo dos cidadãos, promovendo a inclusão e qualidade social?.

No seu discurso de aberturo da reunião Paulo Zucula disse que a cidade da Beira constitui um dos centro de maior atenção ao nível do sector, anunciando investimentos que deverão rondar um bilião de dólares norte americanos num futuro breve.

Na sua opinião, a realização do encontro na Beira constitui uma oportunidade ímpar e singular para em conjunto se reflectir sobre as potencialidades da província de Sofala no domínio dos transportes e comunicações.

Igualmente, o encontro dedicou reflexão sobre o desempenho do sector dos transportes e comunicacoes durante o presente quinquénio 2010- 2014 e perspectivou acções para os próximos tempos.

Da análise global do ritimo de crescimento da economia, o sector dos transportes e comunicações ultrapassou a meta prevista para o primeiro semestre, participando como um dos lídere do crescimento do PIB (Produto Interno Bruto).

Moçambique possui oportunidades ímpares para construir uma plataforma de infra-estruturas de logística alimentada pelo desenvolvimento turístico, pela exploração de recursos minerais, agrícolas e florestais, ao mesmo tempo que, como membro da SADC, poderá capitalizar a sua posição geoestratégica no contexo da integração regional.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!