Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pastorícia e casamentos precoces afastam alunos da escola

Os pais e/ou encarregados de educação no distrito de Mogovolas, província de Nampula estão a forçar os seus educandos a desistir dos estudos para se dedicar a pastorícia como forma de ganhar uma cabeça de gado bovino logo que completam um ano de exercício daquela actividade.

O sector de educação juventude e tecnologia naquela região refere que um universo de 3.175 alunos metade dos quais do sexo masculino abandonaram os estudos segundo estatísticas apuradas no final do segundo trimestre do presente ano lectivo escolar.

Os criadores de gado bovino oferecem uma cabeça como recompensa pelo trabalho desenvolvido no período de um ano pelos pastores.

Segundo Eusébio Paconeta, director dos serviços distritais de Educação, Juventude e Tecnologia, este estímulo aguça a ambição dos pais e/ou encarregados de educação de constituir o seu próprio rebanho de bovinos que muito prestigia a família, além de ser bastante útil para o desenvolvimento de práticas agrícolas e para atingir os seus intentos forçam os seus educandos a abandonar os estudos.

O distrito de Mogovolas é considerado, actualmente, o maior criador de gado bovino na província de Nampula com efectivos que ultrapassam as dez mil cabeças e em constante crescimento na sequência do programa lançado pelo governo destinado ao fomento da espécie através de financiamentos do Fundo de Desenvolvimento Distrital.

Eusébio Paconeta ajuntou que a pastorícia é a principal razão do abandono escolar em Mogovolas. Mas, existem outras como seja envolvimento das crianças em idade escolar na actividade de mineração como mão-deobra barata, exercício do comercio informal nas zonas de extracção mineira, além dos casamentos prematuros, fenómeno que concorreu para a desistência de 1.520 raparigas no ensino.

O governo daquele distrito do interior agendou para próxima semana uma sessão com agenda subordinada inteiramente à discussão das formas de conter as referidas desistências escolares.

Por seu turno, Paconeta deu a conhecer que, neste momento, estão a decorrer encontros com todas as comunidades do distrito para as despertar sobre a importância da educação para o futuro das crianças da actualidade e para o país em geral.

Aquele responsável considera bastante grave a situação atinente às desistências que se verificam em Mogovolas, vincando que estão a ser envidadas todas as diligências para a sua inversão através de provenientes dos diferentes sectores da sociedade civil como dos parceiros e do governo a vários níveis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!