Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Passagem de tornados deixa peko menos 5 mortos em Oklahoma, nos EUA

Dezenas de tornados devastaram regiões de Oklahoma, Kansas, Nebraska e Iowa durante a noite de sábado (horário local) e um ciclone matou pelo menos cinco na manhã deste domingo quando as sirenes de tempestades não soaram em uma cidade de Oklahoma e as pessoas foram apanhadas de surpresa.

Tempestades passaram pela região frequentemente chamada de “Tornado Alley”, na parte central dos Estados Unidos, e por planícies do sul. Mas o número de vítimas parecia limitado, porque muitos dos tornados atingiram áreas pouco povoadas, e durante o dia ou ao entardecer, enquanto as pessoas ainda estavam acordadas.

Em Oklahoma, um tornado atingiu o noroeste da cidade de Woodward na manhã de domingo, depois de um raio aparentemente ter desativado seu sistema de alerta de tempestades, disse o prefeito, Roscoe Hill. Duas crianças morreram na região oeste de Woodward, uma cidade de 12.000 habitantes, enquanto dois adultos foram mortos em uma pequena comunidade fora dos limites da cidade, afirmou Hill.

Detalhes da quinta vítima não eram imediatamente conhecidos, de acordo com Keli Cain, porta-voz do Departamento de Gerenciamento de Emergências de Oklahoma. “Apanhou-nos de surpresa”, acrescentou Hill, comentando que as sirenes de alerta não haviam soado.

Hill disse que ele foi informado de que o tornado atingiu os lados oeste e norte da cidade, danificando um complexo de apartamentos onde os moradores ficaram presos e aguardavam resgate.

Residentes nas áreas afetadas dos estados das planícies e em uma ampla área do centro dos Estados Unidos que se estende do Minnesota ao Texas preparam-se para mais condições de tempo drásticas.

O Serviço Meteorológico Nacional disse que as piores condições eram esperadas em Oklahoma, Nebraska e Kansas, enquanto que outras áreas podem ser atingidas por forte granizo e ventos fortes. “Condições continuarão muito favoráveis… para furacões muito fortes e de longa duração”, informou o Serviço Meteorológico Nacional num comunicado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!