Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Para Pelé repetir França e Irlanda seria complicado

Pelé, o maior jogador da história do futebol, afirmou na quinta-feira em Dublin que teria sido “muito complicado” repetir a partida da repescagem para a Copa do Mundo de 2010 entre França e Irlanda (1-1), que provocou polémica pela jogada de mão do atacante francês Thierry Henry.

“Teria sido muito complicado. Há muitas partidas com coisas parecidas”, afirmou o brasileiro, que está na Irlanda para promover uma iniciativa beneficente. “Para repetir a partida é preciso mudar as datas, mudar o torneio, estabelecer uma regra sobre a repetição de partidas. É preciso jogar uma partida ou duas, ou os pênaltis? Organizar novamente a partida seria muito difícil”, completou Pelé.

“O que passou, passou”, concluiu a lenda do futebol, que se declarou favorável à presença de árbitros atrás dos golos. A Federação Irlandesa de Futebol (FAI) pediu a disputa de uma nova partida, o que foi rejeitado pela Fifa. O próprio Thierry Henry, muito criticado, reconheceu que um novo jogo seria o mais justo.

A Irlanda perdeu a partida de ida por 1-0 e, depois de vencer pelo mesmo placar a França no tempo regulamentar do jogo de volta, terminou fora da Copa da África do Sul graças ao polémico golo de William Gallas aos 103 minutos, depois que Henry ajeitou a bola com a mão.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!